Brasil terá duas maiores usinas fotovoltaicas da América Latina

Ambos os investimentos estão sendo feitos em Nordeste pela empresa italiana Enel S.P.A, por meio de sua subsidiária Enel Green Power Brasil.

A maior delas, a usina Nova Olinda, está sendo concluída no Estado do Piauí e vai começar a funcionar provavelmente em julho 2017. Ela terá capacidade de 292 megawatts e poderá abastecer 300 mil residências com energia limpa. A obra está estimada em US$ 300 milhões, o equivalente a quase R$ 1 bilhão, de acordo com a companhia.

Segunda maior, a Usina de Ituverava, na Bahia, é outro projeto assinado pela empresa italiana e deverá ficar pronta antes, nas próximas semanas. A usina começou a ser construída em dezembro de 2015 na cidade de Tabocas do Brejo Velho, a 800 quilômetros de Salvador e também promete estar a todo vapor agora em 2017.
O investimento total de cerca de 1,2 bilhão de reais, ou 400 milhões de dólares, resultará em capacidade de 254 MW e a produção anual de 500 GWh (gigawatts/hora) de eletricidade.
A ideia é que o empreendimento possa ajudar a suprir, de forma sustentável, o aumento da demanda energética do Brasil, que deve subir em média 4% ao ano até 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *