Embaixador designado do Brasil na Eslovênia tem missão de continuar bom relacionamento

O Slobraz Talk recebeu Gorazd Renčelj — embaixador da Eslovênia no Brasil — e o embaixador designado do Brasil na Eslovênia, Eduardo Prisco Paraíso Ramos, para discutir o tema: “Relações bilaterais Brasil-Eslovênia”. O encontro online, promovido pela Slobraz, contou com o apoio da Slovenian Global Business Network (SGBN), da União dos Eslovenos do Brasil (UEB) e da Embaixada da Eslovênia no Brasil. 

O currículo de ambos os convidados impressiona. Gorazd concluiu a graduação em Relações Internacionais na Universidade de Liubliana, em 2002, e dois anos depois já ingressava na carreira diplomática, no Ministério das Relações Exteriores da República da Eslovênia. Foi assessor de política externa do primeiro-ministro da Eslovênia e conselheiro econômico da Embaixada da Eslovênia por duas vezes, no Reino Unido e nos Estados Unidos. Ocupou o cargo de secretário de Estado no Ministério das Finanças da Eslovênia e foi coordenador nacional para assuntos da OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Em 2019, assumiu sua posição como embaixador no Brasil. 

Eduardo Prisco iniciou a carreira diplomática em 1974.  Como diplomata, teve postos em Paris, Panamá e Londres. Trabalhou nas áreas comercial, de cooperação técnica e educacional, planejamento administrativo e recursos humanos no Itamaraty. Ocupou os cargos de secretário de modernização administrativa e de diretor-geral do Departamento do Serviço Exterior. Foi embaixador em São Salvador e no Panamá, além de cônsul-geral de São Francisco. Desde 2016, é chefe do escritório de representação do Ministério das Relações Exteriores no Rio de Janeiro.

Gorazd apresentou a situação atual do diálogo econômico entre Brasil e Eslovênia, em particular, as conclusões da Comissão Conjunta de Cooperação Econômica, criada para reforçar a centralidade das relações bilaterais entre os dois países, entre as quais o estreitamento dos vínculos entre os portos de Suape e de Koper. Da mesma forma, Prisco falou sobre o relacionamento entre os países e suas expectativas sobre o fortalecimento da cooperação bilateral.

O evento teve a moderação de Matjaž Cokan, presidente da Slobraz, e contou com a presença de representantes das principais associações eslovenas no Brasil: Štefan Bogdan Barenboim Šalej e Mateja Perovšek Ciuchini, da SGBN; a primeira embaixadora do Brasil na Eslovênia, Débora Vainer Barenboim-Šalej; o cônsul honorário da Eslovênia em São Paulo, Octávio Oliva Filho; a cônsul honorária da Eslovênia no Rio de Janeiro, Wanda Kranjc Alves; o cônsul honorário da Eslovênia em Pernambuco, Rainier Michael; Valdeir Vidrik, representante brasileiro nomeado pelo Conselho da República da Eslovênia para os Eslovenos no Mundo; o vice-presidente da União dos Eslovenos no Brasil, Boris Alves Krajnc e a vice-presidente da Slobraz, Tatjana Močenik, além de empresários e membros da comunidade eslovena.

Matjaž Cokan falou um pouco sobre a Slobraz e Tatjana Močenik apresentou o mais recente projeto da Câmara, o Mapa de Negócios e Produtos Eslovenos, que busca reunir em uma plataforma virtual, todos os negócios geridos por eslovenos e seus descendentes, inicialmente no Brasil, mas que pretende alcançar a diáspora eslovena pelo mundo. 

Durante a discussão, foram lembrados os avanços das relações bilaterais entre Brasil e Eslovênia ao longo dos anos, o bom trabalho realizado pelos predecessores de Prisco, a abertura das embaixadas, tanto do Brasil em Liubliana, em 2008, quanto da Eslovênia no Brasil, em 2010, além do Acordo União Europeia e Mercosul, ao qual foi pedido ao embaixador designado um esforço maior para a sua ratificação.

Štefan Bogdan Barenboim Šalej, presidente-emérito da Slobraz e idealizador da SGBN, homenageou as duas comunidades: a de brasileiros na Eslovênia, que tem crescido, prosperado e contribuído para o fortalecimento das relações; e de eslovenos no Brasil, que nesses 120 anos, tem ajudado a construir esse país. Dr. Šalej lembrou as ações de dois padres eslovenos, responsáveis pela criação da Apae, em São Paulo, e da Cidade da Criança de Mato Grosso, além da contribuição de inúmeros empresários eslovenos em diversos setores. Uma das participantes destacou que ele, igualmente, foi um dos eslovenos que mais fizeram pelo Brasil, sendo responsável pela criação da escola técnica em Minas Gerais, que ajudou tantos jovens. 

Não faltaram os desejos de uma boa estadia a Prisco e seus familiares, e de sucesso na nova posição. Prisco, por sua vez, agradeceu, disse já estar maravilhado com o que tem visto e lido sobre a Eslovênia e se colocou à disposição para defender os interesses da comunidade eslovena-brasileira. Ressaltou ainda a importância do que foi feito pelos embaixadores anteriores e que ele pretende dar continuidade e o papel fundamental da Slobraz nos negócios bilaterais. Em resposta à sua missão de levar aos empresários eslovenos o conhecimento das oportunidades e facilidades no Brasil, disse ter um grande argumento: nenhum empresário esloveno até hoje se arrependeu de fazer negócios com o Brasil.

Nossos agradecimentos a todos os participantes do Slobraz Talk, especialmente aos nossos convidados.  Por fim, nossos cumprimentos e votos de felicidade e sucesso na Eslovênia ao embaixador Prisco.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *